quarta-feira, 18 de maio de 2022


A ação está marcada para acontecer das 9 às 11h30, na Praça dos Pioneiros.

Nesta quarta-feira (18), a Prefeitura de Trizidela do Vale, através da Secretaria Municipal de Assistência Social (SMAS), realizou uma blitz educativa em alusão ao “Maio Laranja” – mês em que são intensificadas as ações de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.



Com o tema “Faça Bonito – Proteja Nossas Crianças e Adolescentes” e o lema “O abuso sexual infantil esconde medos. Seja a voz daqueles que não podem falar”, a ideia é conscientizar, mobilizar e engajar a sociedade sobre o assunto, mostrando que esse é um compromisso coletivo e que todos são responsáveis por proteger e cuidar do público infanto-juvenil, mantendo-o longe da violência.

A ação foi realizada nesta manhã no centro comercial (cuscuz) envolvendo funcionários do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos (SCFV), o Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e o Conselho Tutelar.

Na ocasião, serão distribuídos panfletos e dadas orientações sobre como identificar as situações de violência e denunciar os agressores.

Confira os canais de proteção e denúncia:

    Disque 100 – Tanto vítimas quanto testemunhas de violência física ou sexual podem denunciar anonimamente ligando para o número 100;

    Disque 180 – Em casos de violência (psicológica, física e/ou sexual) causada por pais, irmãos, filhos ou qualquer outra pessoa cometida contra mulheres e meninas, basta ligar 180. O serviço é gratuito e sigiloso;

    Polícias – Caso você presencie algum ato de violência, basta acionar a Polícia Militar, através do número 190. Também é possível acionar as Delegacias Especializadas no Atendimento à Mulher e as de Proteção à Criança e ao Adolescente, além do o Conselho Tutelar, Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), Vale ressaltar que os Centros de Referência da Assistência Social (CRAS) e Centros de Referência Especializado da Assistência Social (CREAS) fazem parte da Rede de Proteção, realizando o acompanhamento das vítimas e dando o apoio necessário também aos familiares.

A data

É importante lembrar que a data de 18 de maio não foi escolhida por acaso. É que neste mesmo dia, em 1973, Araceli Cabrera Crespo foi raptada, drogada, estuprada e morta aos oito anos de idade, no estado do Espírito Santo. E o pior, 49 anos depois, os assassinos continuam impunes.  A fim de manter viva a memória da Araceli e evitar que outras crianças e adolescentes passem pela mesma situação, diversas ações são realizadas pelos quatro cantos do país.

ASSESSORIA DE COMUNICAÇÃO DA PREFEITURA DE TRIZIDELA DO VALE.

0 comentários:

Postar um comentário

INSTITUTO PEDREIRENSE DE EDUCAÇÃO E EXTENSÃO

INSTITUTO PEDREIRENSE DE EDUCAÇÃO E EXTENSÃO
Seu futuro começa aqui!

ARMAZÉM PARAÍBA

ARMAZÉM PARAÍBA
Sucesso em qualquer lugar!

PEDREIRAS FELIZ

PEDREIRAS FELIZ
Lugar de gente feliz

Dr. Jailson Silva

Dr. Jailson Silva
Advogado

Novelty telecom

Novelty telecom
Lima Campos

Receber Noticias

Facebook