quinta-feira, 17 de dezembro de 2020

  


Embora em 2022 Carlos Brandão venha a ser o governador e Weverton Rocha tenha um nome forte para entrar na sucessão estadual, o possível surgimento de uma terceira via não pode ser descartado. O novo cenário foi admitido pelo senador do PDT se for para garantir a unidade do grupo liderado por Flávio Dino.


Durante entrevista à Rádio Educadora, Rocha disse seu projeto político de ser governador não é pessoal e admitiu, pela primeira vez, abrir mão em caso de Flávio Dino optar por outro nome, como o do atual prefeito de São Luís.


A terceira via, que pode ser Edivaldo Holanda ou a senadora Eliziane Gama, resgataria a paz que já reinou no grupo governista. Aliás, partindo do princípio de que Eliziane é um nome estadualizado e tem forças no segmentos das igrejas, seria uma escolha mais adequada, ainda mais que o prefeito não atendeu aos apelos de Dino na última eleição da capital.


Fora desse leque não existem outros nomes com força e densidade eleitoral para disputar a sucessão. Já foi o tempo em que o governador elegia qualquer poste no Maranhão.

Com o gesto de abrir mão, o senador pedetista mostrou que é flexível, diferentemente do vice Carlos Brandão que não abre da chance de concorrer no cargo, mesmo com o estado quebrado.

Como o próprio Flavio Dino já deixou claro que seu vice é o candidato, a disputa será equilibrada com a presença de Weverton Rocha apoiado pela maioria da classe política.   


0 comentários:

Postar um comentário

PEDREIRAS FELIZ

PEDREIRAS FELIZ
PEDREIRAS - MARANHÃO

DR. MATEUS ATTA

DR. MATEUS ATTA
ADVOGADO

Novelty telecom

Novelty telecom
Lima Campos

Dr. Jailson Silva

Dr. Jailson Silva
Advogado

BRASIL GÁS

BRASIL GÁS
LIMA CAMPOS

Receber Noticias

Facebook