terça-feira, 13 de outubro de 2020


 Ontem segunda-feira, (12), uma mulher compareceu na Delegacia de Polícia em Lima Campos, relatando que teria recebido uma mensagem via WhatsApp de um homem, e que o mesmo teria iniciado uma conversa, e que posteriormente o mesmo mostrou a foto de uma arma de fogo modelo revolver, e que segunda a vitima no intuito de intimida-la.

O homem que foi acusado, mandou para a mulher uma foto de vários homens em sua companhia e disse que seria componente da facção criminosa “PCC”, e disse para vítima tomar cuidado, e que segundo a vítima o mesmo mandou uma mensagem à ameaçando de morte e à apagou instantaneamente por uma função do aplicativo,  em áudios disse que “o sonho dele era matar policial”, e que ”iria trocar tiros com os policias”.

Os Policiais encontraram o tal homem em um bar no Bairro Aeroporto na noite de ontem segunda-feira, 12, por volta das 19:10. E na hora da abordagem o homem desobedeceu os policiais, tentou fugir pulando um muro, mas foi pego em seguida. Ele não portava arma e nem documentos pessoais. Segundo os policiais o homem ainda chegou a entrar em luta corporal com os PMs, mas foi contido, algemado e levado para Delegacia Regional de Pedreiras para que as medidas cabíveis fossem tomadas.  

                             PUBLICIDADE:





 
 



0 comentários:

Postar um comentário

PEDREIRAS FELIZ

PEDREIRAS FELIZ
PEDREIRAS - MARANHÃO

DR. MATEUS ATTA

DR. MATEUS ATTA
ADVOGADO

Novelty telecom

Novelty telecom
Lima Campos

Dr. Jailson Silva

Dr. Jailson Silva
Advogado

BRASIL GÁS

BRASIL GÁS
LIMA CAMPOS

Receber Noticias

Facebook