terça-feira, 14 de abril de 2020

A Federação dos Municípios do Estado do Maranhão disponibilizou para os prefeitos, um modelo de decreto que dispõe sobre a flexibilização do funcionamento do comércio e outras atividades econômicas em razão da prevenção e combate a Covid-19.

O decreto tem como base legal a Lei Orgânica do Município que confere autonomia à unidade federativa e ao chefe do Poder Executivo adotar medidas que garantam o bem estar da coletividade.  Considera ainda o estado de calamidade pública em saúde de acordo com portaria do Ministério da Saúde, datada de (3), de fevereiro deste ano.

E em consideração aos decretos do Governo do Estado, especialmente o editado no último dia (11), de abril, sobre a necessidade de medidas disciplinares para o funcionamento das atividades econômicas.

Além de corroborar a permanência do distanciamento social, obrigatoriamente para grupos especificados em decretos anteriores, o novo instrumento legal estabelece uso massivo de máscara a partir do dia 12 de abril de 2020, para serviços como transportes de passageiros, e em estabelecimentos comerciais como supermercados, farmácias e repartições públicas e privadas.

Seguindo o modelo do decreto com fulcro no instrumento do Poder Executivo do Estado, os estabelecimentos comerciais não considerados essenciais poderão retornar suas atividades de atendimento ao público, a partir do dia 13 de abril de 2020, observando as seguintes regras:
De acordo ainda com o modelo decreto, os municípios que não tenham adotado férias devem manter a suspensão das aulas presenciais dos alunos de escola pública e privada até 26 de abril de 2020.

A fiscalização das medidas determinadas por esse decreto serão realizadas pelo PROCON, Defesa Civil Municipal, Vigilância Sanitária, Fiscalização Geral do Município, Agentes de Trânsito, Polícia Militar e Corpo de Bombeiros e órgãos determinados pelo gestor. As sanções previstas no parágrafo anterior serão aplicadas pelo Secretário Municipal de Saúde.

Municípios que já flexibilizaram o comércio
A FAMEM informou ainda que cinco cidades, Bacabal, Barra do Corda, Codó, Pedreiras e Santa Rita já instituíram decreto que flexibiliza o funcionamento de estabelecimentos comerciais em seus territórios. Segundo a entidade, outras cidades poderão seguir o mesmo caminho.
O presidente da Famem, prefeito Erlânio Xavier, afirmou que vários gestores precavidos, aguardam parecer do Ministério Público para dar prosseguimentos à liberação do comércio. Disse ainda, que nos municípios onde o prefeito não instituir decreto, vale o decreto do Governo Estadual.



0 comentários:

Postar um comentário

CENTRAL DE ATENDIMENTO

CENTRAL DE ATENDIMENTO
LIMA CAMPOS

PEDREIRAS FELIZ

PEDREIRAS FELIZ
PEDREIRAS - MARANHÃO

PIZARIA & HAMBURGUERIA SAADS

PIZARIA & HAMBURGUERIA SAADS
LIMA CAMPOS

Novelty telecom

Novelty telecom
Lima Campos

Dr. Jailson Silva

Dr. Jailson Silva
Advogado

LAVA JATO DO DJ

LAVA JATO DO DJ
LIMA CAMPOS

BRASIL GÁS

BRASIL GÁS
LIMA CAMPOS

Receber Noticias

Facebook