segunda-feira, 24 de fevereiro de 2020
 Maria de Fátima Boaes Pinheiro foi urinar em um tapume de zinco na rua da Savedra, no centro de São Luís, pegou uma descarga elétrica e morreu no local. O prédio, segundo a Secretaria de Comunicação Social e Assuntos Políticos (Secap), pertence a Associação Comercial do Maranhão. 
 O fato ocorreu ontem e hoje (segunda-feira (24), foi preso o vigia do prédio que foi o responsável pela instalação clandestina. Confira abaixo mais informações da Secap sobre o caso:
A polícia prendeu em flagrante, nesta segunda-feira (24), o vigia responsável pela ligação elétrica ilegal em um prédio na Rua Parque 15 de Novembro, fora do circuito de carnaval da Beira Mar, que levou à morte de uma mulher, identificada como Maria de Fátima Boaes Pinheiro.
O prédio, da Junta Comercial, passa por reforma conduzida pelo Iphan, que contratou a empresa privada RG Verde. O vigia trabalha para essa empresa.
O funcionário, que apresentava sintomas de embriaguez ao ser abordado pela polícia, eletrificou ilegalmente o portão e o tapume da obra, que são de zinco, um material condutor de corrente elétrica.
O vigia admitiu ter feito a ligação ilegal, que foi encontrada pela polícia. Ele foi preso em flagrante e conduzido à delegacia.

Do Blog Luis Cardoso 

0 comentários:

Postar um comentário

PEDREIRAS FELIZ

PEDREIRAS FELIZ
PEDREIRAS - MARANHÃO

Novelty telecom

Novelty telecom
Lima Campos

Dr. Jailson Silva

Dr. Jailson Silva
Advogado

EVENTO NÁUTICO

EVENTO NÁUTICO
Lima Campos

D´ GUST

D´ GUST
RESTAURANTE E CERVEJARIA

BRASIL GÁS

BRASIL GÁS
LIMA CAMPOS

IMOVEISMA

IMOVEISMA
PEDREIRAS - MARANHÃO

Receber Noticias

Facebook