terça-feira, 28 de janeiro de 2020
O PM-MA Carlos Eduardo vinha de uma traição do relacionamento anterior ao que teve com Bruna Lícia. O soldado da Polícia Militar do Maranhão, Carlos Eduardo Nunes Pereira, autor de duplo homicídio na tarde do último sábado (25) conhecia de perto o significado da palavra traição.
Antes dessa última união estável com a jovem Bruna Lícia Fonseca Pereira, que ele acabou assassinando, “Dudu” como é conhecido entre os mais próximos, teve um relacionamento com outra mulher onde morava, na Liberdade – seu bairro de origem.

Acontece que cerca de um ano após “nascer o fruto” desse relacionamento, os familiares começaram a despertar Carlos Eduardo para o fato da criança não possuir traços fisionômicos dele. Foi então, que “Dudu” decidiu fazer um exame de DNA e saber se realmente era o pai.

Para a surpresa de poucos, o resultado saiu e foi comprovado que o filho não era de Carlos Eduardo, isto é, ele tinha sido traído lá atrás.

Por conta desse episódio, ele acabou dando um ponto final no relacionamento.

Tempo depois, sabe-se em quais circunstâncias, acabou conhecendo Bruna Lícia – com quem estava até este final de semana em processo inicial de separação.

O resto dessa tragédia vocês todos [leitores]  já sabem, não é preciso eu contar novamente…

Do Blog Domingo Costa

0 comentários:

Postar um comentário

PEDREIRAS FELIZ

PEDREIRAS FELIZ
PEDREIRAS - MARANHÃO

DR. MATEUS ATTA

DR. MATEUS ATTA
ADVOGADO

ESTAÇÃO DA PIZZA

ESTAÇÃO DA PIZZA
Play Store: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.wabiz.delivery.estacaodapizza

Novelty telecom

Novelty telecom
Lima Campos

Dr. Jailson Silva

Dr. Jailson Silva
Advogado

LAVA JATO DO DJ

LAVA JATO DO DJ
LIMA CAMPOS

BRASIL GÁS

BRASIL GÁS
LIMA CAMPOS

Receber Noticias

Facebook