sexta-feira, 8 de novembro de 2019

Defesa de Lula pediu a soltura dele após decisão do STF — Foto: Reprodução O juiz Danilo Pereira Júnior, da 12ª Vara Criminal Federal de Curitiba, aceitou nesta sexta-feira (8) o pedido da defesa do ex-presidente do República Luiz Inácio Lula da Silva e o autorizou a deixar a prisão.


 Condenado em duas instâncias no caso do triplex, Lula ficou 1 ano e 7 meses preso na Superintendência da Polícia Federal (PF) de Curitiba. Agora, ele terá o direito de recorrer em liberdade e só vai voltar a cumprir a pena de 8 anos, 10 meses e 20 dias após o trânsito em julgado.

 Os advogados pediram a soltura do petista depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou a prisão após condenação em segunda instância.

Na quinta-feira (7), por 6 votos a 5, o STF mudou um entendimento de 2016 e decidiu que, segundo a Constituição, ninguém pode ser considerado culpado até o trânsito em julgado (fase em que não cabe mais recurso) e que a execução provisória da pena fere o princípio da presunção de inocência.

“A decisão da Suprema Corte confirma aquilo que nós sempre dissemos, que não havia a possibilidade de execução antecipada da pena”, disse Cristiano Zanin, advogado de Lula, logo após pedir o alvará de soltura.

A defesa disse que espera agora a “nulidade de todo o processo, com o reconhecimento da suspeição do ex-juiz Sérgio Moro”.

Fonte: G1



0 comentários:

Postar um comentário

PEDREIRAS FELIZ

PEDREIRAS FELIZ
Lugar de gente feliz

Clínica Santo Expedito

Clínica Santo Expedito
Sua saúde merece o melhor!

Ótica Madrid

Ótica Madrid
Cuidando da saúde dos seus olhos

Ótica Vitória

Ótica Vitória
A sua visão em primeiro lugar!

Novelty telecom

Novelty telecom
Lima Campos

BRASIL GÁS

BRASIL GÁS
LIMA CAMPOS

Dr. Jailson Silva

Dr. Jailson Silva
Advogado

DR. MATEUS ATTA

DR. MATEUS ATTA
ADVOGADO

Receber Noticias

Facebook