segunda-feira, 18 de fevereiro de 2019


Uma operação policial resultou na prisão de Francisco Jacinto, conhecido como “Chico”, suspeito de tráfico de drogas  em São Gotardo, estado de Minas Gerais. A prisão do pedreirense aconteceu na última terça-feira (12), em uma operação de combate ao tráfico de drogas desencadeada pela Polícia Militar.

Segundo informações da PM, o homem de 38 anos de idade e uma mulher de 33, foram presos por volta das 19:00 horas, a Polícia recebeu uma denúncia anônima a qual relatou sobre o crime no bairro Taquaril. A PM, o denunciante informou que o responsável pela venda de entorpecentes era Francisco Jacinto, conhecido como “Chico”, e que ele escondia as drogas dentro da residência de Aline Conceição de Almeida, bastante conhecida no meio policial.
Ainda de acordo com a denúncia, “Chico” guardava as drogas também em um muro, dentro dos tijolos.

Chegando ao local, os militares avistaram os até então suspeitos saindo apressadamente da casa, mostrando muito nervosismo. De imediato, foi dada ordem de parada e realizada busca pessoal nos dois, sendo encontrado no bolso de "Chico" a quantia em dinheiro no valor de 130,00 reais em notas diversas. Em seguida, foram inciadas buscas no interior da residência, sendo encontradas no quarto da mulher 05 (cinco) buchas de substância análoga a maconha, embaladas e prontas para comércio. Dentro dos tijolos dos muros, ainda foram encontrados dentro de um recipiente de plástico 05 (cinco) pedras de substancia semelhante a crack.

Francisco Jacinto é contumaz na prática de tráfico de drogas nas mediações do Bairro Taquaril. O homem foi preso no dia 15/02/2018 com a apreensão de 49 (quarenta e nove) pedras de crack, usando até mesmo seu filho, menor de idade, para vender a droga. No dia 08/11/2018 evadiu da polícia, ocasião em que foi preso o autor Hélio Vaz Vieira por tráfico de drogas, o qual afirmou que vendia drogas para “Chico”. O suspeito é natural de Pedreiras, no estado do Maranhão.

Todo material foi apreendido e os dois indivíduos foram presos em flagrante e conduzidos até o quartel da Polícia Militar e posteriormente encaminhados para a Delegacia de Plantão da Polícia Civil em Patos de Minas, para demais providências serem tomadas.

Fonte: Blog Ricardo Farias 

0 comentários:

Postar um comentário

Receber Noticias

Facebook

Brasileiro (A)