quarta-feira, 16 de janeiro de 2019
Ney Moreira, Edna Maria e o prefeito Mazinho Leite

Investigação comandada pelo delegado Guilherme concluiu que, em Cândido Mendes, o prefeito tinha um caso extra-conjugal com a esposa do secretário de Saúde e mandou matá-lo assim que a relação foi descoberta.

O assassinato ocorreu no dia 21 de fevereiro de 2014 na estrada que liga Cândido Mendes ao povoado de Águas Belas. Na ocasião, o secretário Romerson Robson estava no mesmo carro com o prefeito Mazinho Leite e a esposa de Robson, Edna Maria Andrade, que hoje é assessora jurídica da prefeitura, para o povoado.
Romerson Robson assassinado em 2014
A vítima deixou a esposa e o prefeito no povoado e retornou sozinho para a sede.  Naquele ano, os depoimentos apontaram para uma emboscada que seria armada contra o prefeito e que acabaram matando o homem errado. Assim, os anos se passaram e todos ficaram acreditando nas primeiras versões.
Porém, o caso foi reaberto e ficou constatado que o secretário havia descoberto do caso da mulher dele com o prefeito. Diante do fato, Romerson ameaçou denunciar o prefeito de todas as corrupções que sabia no município. Por essa razão, Mazinho mandou matar o seu secretário de Saúde.
Foi concluído também que os tiros que mataram o secretário não foram disparados de fora, mas de dentro do carro. Hoje, o delegado Guilherme apresentou Ney Moreira Castro como provável executor. A autoridade policial anunciou a tomada de testemunho do prefeito para esta semana.

Fonte: Blog Luis Cardoso

0 comentários:

Postar um comentário

FINSOL MICROFINANÇAS

FINSOL MICROFINANÇAS
Contato: SUYENE - (99) 9.8261-0035

PEDREIRAS FELIZ

PEDREIRAS FELIZ
PEDREIRAS - MARANHÃO

IPEDE

IPEDE
PEDREIRAS - MARANHÃO

CLINICA SANTA RITA

CLINICA SANTA RITA
MICROLAB - LIMA CAMPOS

Novelty telecom

Novelty telecom
Lima Campos

Dr. Jailson Silva

Dr. Jailson Silva
Advogado

BRASIL GÁS

BRASIL GÁS
LIMA CAMPOS

DR. MATEUS ATTA

DR. MATEUS ATTA
ADVOGADO

Receber Noticias

Facebook