terça-feira, 22 de janeiro de 2019

A prisão de Geraldo Amorim aconteceu na madrugada desta terça-feira (22) após desacatar a polícia

Foi detido desde as 4h da madrugada desta terça-feira (22) na Delegacia Regional de Pinheiro, o prefeito de Peri-Mirim Geraldo Amorim. O Gestor municipal prestou depoimento, onde foi lavrado um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) e foi liberado ainda pouco por volta das 7h da manhã.

Segundo policiais que estavam na Delegacia Regional, confirmaram que a prisão do prefeito ocorreu por desacato às autoridades policiais, que pediram a paralisação da festa no horário determinado. O prefeito Geraldo Amorim teria dito que não iria paralisar a festa e que a festa continuaria. Com aquele seu jeito Nicolás Maduro, Geraldo achou que intimidaria os policiais.
Uma discussão se formou entre o prefeito Geraldo, auxiliares e os policiais que deram voz de prisão ao Prefeito que foi levado para a Regional de Pinheiro e apresentado no plantão policial da Delegacia sem lesões corporais, segundo confirmaram os policiais.

Do blog Carlos Barroso

0 comentários:

Postar um comentário

Receber Noticias

Facebook

Brasileiro (A)