sábado, 26 de janeiro de 2019
Um ônibus com corpos de funcionários da Vale foi encontrado agora de manhã pelo Corpo de Bombeiros de Minas Gerais na barragem da Mina, no córrego do Feijão.

  Os corpos estão sendo levados ao IML para reconhecimento. Os Bombeiros não informaram o número de mortos no ônibus, mas oficialmente são nove o número de vítimas encontradas até agora. A primeira foi a médica Marcelle Porto, funcionária da Vale e enteada do juiz de Direito, Chistian Garrido.
O clima é de apreensão e comoção na cidade de Brumadinho. A Vale já informou o desaparecimento de 400 pessoas.

0 comentários:

Postar um comentário

Receber Noticias

Facebook

Brasileiro (A)