quinta-feira, 10 de janeiro de 2019
O advogado Alex ferreira Borralho (foto abaixo) solicitou ontem, quarta-feira (09), da Polícia Federal no Maranhão a abertura de inquérito para apurar prática de crime que envolve preconceitos contra nordestinos, bem como o uso indevido do nome do presidente Jair Bolsonaro.
Um vídeo que passou a circular nas redes sociais na última terça feira (08.01), despertou a indignação do advogado Alex Ferreira Borralho.
Nas imagens, um homem acompanhado de outros rapazes, ao que aparenta, em uma mesa de bar, incita ódio e preconceito contra pessoas do Nordeste e do Norte do Brasil.
“Eu queria só dizer o seguinte: agora que o Bolsonaro ganhou, graças a Deus, ele vai excluir os nordestinos do grupo […] agora é faca na caveira, a gente não vai mais suportar esse pessoal do Acre, esse pessoal de Roraima…”, diz a primeira pessoa a aparecer no vídeo.
Posteriormente, um segundo sujeito que aparece usando uma camisa do Clube Atlético Mineiro complementa: “Essa galera do Nordeste tem que parar de gastar o dinheiro que o Sudeste produz, porra!”.
As primeiras pessoas a compartilhar o vídeo, afirmaram que um dos homens que aparece nas imagens é herdeiro das empresas que fabricam a Água Sanitária Dragão.
Alex Ferreira Borralho formalizou na tarde de ontem (09.01), “notitia criminis” junto a Superintendência Regional da Polícia Federal no Maranhão, pedindo a apuração e o indiciamento de todas as pessoas que aparecem proferindo palavras preconceituosas.
“É inconcebível que ainda tenhamos mensagens carregadas de preconceito e discriminação e que marginalizam e inferiorizam grupos com base em estereótipos ligados a procedência nacional ou a raça, com disseminação do seu conteúdo a um número incalculável de usuários da rede social. Essa prática constitui crime previsto na Lei Federal de nº 7.716, de 05 de janeiro de 1989, que define os delitos resultantes de preconceito de raça ou de cor e prevê, no artigo 20, pena de reclusão de dois a cinco anos e multa”, disse.
Não vou admitir profusão de ódio a comunidade nordestina. A Polícia Federal deverá abrir investigação dos fatos relacionados a esse vídeo, que inclusive envolve diretamente e, tenho certeza, que de forma totalmente irresponsável, o nome do Presidente da República Jair Messias Bolsonaro, que até mesmo, poderá demandar contra as pessoas que aparecem no vídeo utilizando o seu nome para o cometimento de crime”, avisou o advogado.

Confira abaixo o vídeo:

0 comentários:

Postar um comentário

PEDREIRAS FELIZ

PEDREIRAS FELIZ
a sua sorte está aqui!

NOVELTY TELECOM

NOVELTY TELECOM
Internet de qualidade!

BRASIL GÁS & ÁGUA É VIDA

BRASIL GÁS & ÁGUA É VIDA
LIMA CAMPOS

LABORATÓRIO BOM PASTOR

LABORATÓRIO BOM PASTOR
LIMA CAMPOS - MA

NOVELTY TELECOM

NOVELTY TELECOM
A internet de qualidade!

Receber Noticias

Facebook

Brasileiro (A)