quarta-feira, 30 de janeiro de 2019


Mais conhecido como seu Jorge, homem confessou à polícia que matou com um tiro na cabeça o homossexual e esquartejou o corpo na sua residência, em Presidente Médici. Ele revelou ainda que jogou os pedaços do corpo humano em um açude, e o local onde deixou a cabeça.


Valber Bezerra foi a última pessoa a ser vista em um bar com a vítima, o homossexual Ildivan Silva Farias. Eles foram para a casa do matador e lá o Nenzim teria assediado o seu Jorge, que disse não aceitar e o expulsou de casa.
A vítima teria continuado insistido em ficar, e dizendo que Valber não teria coragem de lhe matar. O homem pegou uma espingarda e atirou na cabeça do homossexual, em seguida ele esquartejou o corpo, pediu a moto emprestada de um vizinho, levou o material humano dentro de um saco de nylon e jogou em um açude.
Seu Jorge confessou à polícia o crime, contou detalhes, inclusive onde teria deixado a cabeça da vítima e as pernas. A polícia conseguiu localizar as partes do corpo que estavam faltando com a ajuda do assassino.

Do Blog Luis Cardoso 

0 comentários:

Postar um comentário

Receber Noticias

Facebook

Brasileiro (A)