quarta-feira, 28 de novembro de 2018
Conforme as investigações, entre os anos de 2015 e 2016, os presos na manhã de hoje recebiam propinas de assaltantes de bancos em valores que chegavam até a R$ 100 mil a cada ação criminosa. Os advogados presos foram Werther Ferraz Júnior e Ary Cortez Prado.
Os bandidos realizavam os assaltos e obtinham facilidades para evitar atrapalho ou mesmo prisão por parte da autoridade policial. O delegado será encaminhado ainda hoje para a delegacia da Cidade Operária, enquanto os dois advogados irão ficar recolhidos no sistema presidiário de Pedrinhas.
Thiago Pardal chegou a ser preso em março deste ano por se envolver com esquema de contrabando internacional de cigarros e bebidas, com as mercadorias armazenadas em um porto no Quebra Pote, zona rural de São Luís.
Na época, junto com o delegado foram presos alguns militares com patentes de tenente-coronel, major, capitão, tenente e soldados, além de advogados. Alguns meses depois eles foram liberados através de liminares a respondem a inquéritos.

0 comentários:

Postar um comentário

FINSOL MICROFINANÇAS

FINSOL MICROFINANÇAS
Contato: SUYENE - (99) 9.8261-0035

PEDREIRAS FELIZ

PEDREIRAS FELIZ
PEDREIRAS - MARANHÃO

IPEDE

IPEDE
PEDREIRAS - MARANHÃO

CLINICA SANTA RITA

CLINICA SANTA RITA
MICROLAB - LIMA CAMPOS

Novelty telecom

Novelty telecom
Lima Campos

Dr. Jailson Silva

Dr. Jailson Silva
Advogado

BRASIL GÁS

BRASIL GÁS
LIMA CAMPOS

DR. MATEUS ATTA

DR. MATEUS ATTA
ADVOGADO

Receber Noticias

Facebook