quinta-feira, 18 de janeiro de 2018

Petrobras reduz em 5% o preço do gás de cozinha e anuncia nova política

Ed Alves/CB/D.A Press

Para evitar volatilidade, estatal definiu que mudanças na cobrança serão realizadas trimestralmente. Desde dezembro companhia estudava nova fórmula de reajustes

A Petrobras anunciou, nesta quinta-feira (18/1), redução de 5% no preço de gás de cozinha. A estatal, conforme anunciado em dezembro, realizou a revisão de sua política de preços do Gás Liquifeito de Petróleo (GLP) de uso residencial, comercializado em botijões de até 13 quilos e definiu novos critérios para aplicação dos reajustes. A regra de transição para 2018 já terá efeito a partir desta sexta-feira, com a redução de 5% no preço do GLP vendido nas refinarias.
 

Com a medida, o valor médio, sem tributos, comercializado nas refinarias da Petrobras será equivalente a R$ 23,16 por botijão de 13kg. Na capital federal, o produto está sendo vendido até R$ 95. “Como a lei brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados, as revisões feitas pela Petrobras podem ou não se refletir no preço final ao consumidor. Isso dependerá de repasses feitos especialmente por distribuidoras e revendedores”, afirmou a estatal, em nota.

Segundo a Petrobras, o objetivo da medida foi suavizar os repasses da volatilidade dos preços ocorridos no mercado internacional para o preço doméstico. Os reajustes, agora, passarão a ser realizados trimestralmente, no dia 5. “Os novos critérios permitirão manter o valor do GLP referenciado no mercado internacional, mas diluirão os efeitos de aumentos de preços tipicamente concentrados no fim de cada ano, dada a sazonalidade do produto. A referência continuará a ser o preço do butano e propano comercializado no mercado europeu, acrescido de margem de 5%”, explicou.

O período de apuração das cotações internacionais e do câmbio que definirão os percentuais de ajuste será a média dos 12 meses anteriores ao período de vigência e não mais a variação mensal. “Reduções ou elevações de preços superiores a 10% terão que ser autorizadas pelo Grupo Executivo de Mercado e Preços (Gemp). Nestes casos, a data de aplicação dos ajustes (dia 5) pode ser modificada”, disse. “Caso o índice de reajuste seja muito elevado, o Gemp poderá decidir não aplicá-lo integralmente, ficando a diferença para compensação”, acrescentou.

0 comentários:

Postar um comentário

PEDREIRAS FELIZ

PEDREIRAS FELIZ
PEDREIRAS - MARANHÃO

DR. MATEUS ATTA

DR. MATEUS ATTA
ADVOGADO

ESTAÇÃO DA PIZZA

ESTAÇÃO DA PIZZA
Play Store: https://play.google.com/store/apps/details?id=com.wabiz.delivery.estacaodapizza

Novelty telecom

Novelty telecom
Lima Campos

Dr. Jailson Silva

Dr. Jailson Silva
Advogado

LAVA JATO DO DJ

LAVA JATO DO DJ
LIMA CAMPOS

BRASIL GÁS

BRASIL GÁS
LIMA CAMPOS

Receber Noticias

Facebook