terça-feira, 24 de outubro de 2017
Atenção Evangélicos! Dino se nega a receber embaixador de Israel no Palácio dos Leões

O governador Dino (PCdoB) abriu, nesta semana, uma crise com o segmento evangélico do Maranhão ao se negar a receber em audiência no Palácio dos Leões o embaixador de Israel no Brasil, Yossi Shelley.
O comunista chegou a confirmar uma reunião com o israelense, na manhã de ontem (23), mas voltou atrás.
Alegou estar com uma virose contagiosa e cancelou a agenda, que acabou sendo cumprida pelos secretários Marcelo Tavares (Casa Civil), Márcio Honaiser (Agricultura) e Adelmo Soares (Agricultura Familiar).
Antes de cancelar o encontro, Dino tentou ter acesso à íntegra do discurso que o embaixador proferiria no Palácio e a uma lista completa, com informações pessoais, dos integrantes da comitiva.
Ideologia
Para líderes evangélicos que acompanham Shelley durante sua estada no Maranhão, a decisão de Flávio Dino é ideológica – e não tem nada que ver com sua saúde.
“O governador já recebeu o embaixador do Irã e faz diversos gestos aos chineses, que são governos mais próximos da sua ideologia comunista. Mas se nega a receber o embaixador de Israel”, reclamou um deles, após cerimônia de entrega do título de cidadão maranhense ao embaixador, na Assembleia Legislativa.
De farto, o governador do Maranhão recebeu no Palácio dos Leões, em abril deste ano, Seyed Ali, o embaixador do Irã, Seyed Ali.
Seyed Ali, embaixador do Irã, foi recebido por Dino
Em agosto, quem esteve com o comunista foi uma comitiva de empresários chineses, do ramo da siderurgia. Eles receberão incentivos do Executivo para se instalar no estado (reveja).
Empresário da siderurgia chinesa com o governador no Palácio
Minimizou
O embaixador Yossi Shelley minimizou o episódio.
“Era uma agenda oficial. Ele se sentiu um pouco mal e por esse problema ele não chegou. Acho que podemos nos encontrar depois, quando ele se sentir melhor”, disse. Ele ficará no Maranhão até quinta-feira (26).
Shelley preferiu não comentar o fato de que Flávio Dino recebeu representantes do Irã e da China, mas não o de Israel.
“Eu não entrei nessa questão de política. Isso não é importante. O importante é que estou aqui. O povo maranhense ama Israel e nós fazemos negócios com vocês. Eu acho que o governador também. Pode ser que hoje, mais tarde, ou amanhã eu vá encontra-lo. Não penso que tenha política nesse caso. Pelo contrário, Israel pode ajudar o governo e também o governador, se preciso”, completou.
El finalizou fazendo um convite ao governador maranhense: “Eu convido ele a visitar Israel, o povo israelense, um pouco a tecnologia e também coisas que são interessantes a todos os cristãos”.
fonte: Blogilbertoleda

Um comentário:

  1. vergonha !! desse comunista !!! só recebe os que odeiam judeus, evangelicos e catolicos !!

    ResponderExcluir

CENTRAL DE ATENDIMENTO

CENTRAL DE ATENDIMENTO
LIMA CAMPOS

PEDREIRAS FELIZ

PEDREIRAS FELIZ
PEDREIRAS - MARANHÃO

PIZARIA & HAMBURGUERIA SAADS

PIZARIA & HAMBURGUERIA SAADS
LIMA CAMPOS

Novelty telecom

Novelty telecom
Lima Campos

Dr. Jailson Silva

Dr. Jailson Silva
Advogado

LAVA JATO DO DJ

LAVA JATO DO DJ
LIMA CAMPOS

BRASIL GÁS

BRASIL GÁS
LIMA CAMPOS

Receber Noticias

Facebook