quarta-feira, 14 de março de 2018



Professora de uma escola do Município de Pedreiras impede estagiário de entrar na sala, por falsos "motivos pessoais"


Ontem, (13/03), aconteceu um caso inédito na cidade de Pedreiras em uma das escolas do município,  e o pior disso tudo, é que foi algo sem nexo, sem sentido algum.  
Um grupo de  jovens acadêmicos do curso de Pedagogia da FAESF, foram realizar estágios na escola municipal Jardim de Infância Fátima Roma, eram cincos acadêmicos, cada um foram direcionados as respectivas salas da escola, que atende a modalidade de Educação Infantil,  até que dentre esses cincos, um deles foi impedido pela docente que estava lecionando naquele momento, com um ar de ignorância e sem nenhum pingo de educação, repudiou a entrada do acadêmico dentro da sala, o acadêmico ficou pasmo, segundo relatos dele, e sem entender dessa situação, baixou a cabeça e saiu para fora da sala, até que a Diretora desta escola que também achou super estranho a reação da professora, foi falar com ela, para saber o motivo que  a levou á agir desta forma,  e para nossa surpresa , segundo o relato da diretora, ela contou que  a professora:

" não gostava do acadêmico, que ele foi aluno dela no Pro Jovem lá em meados de 2008 e que hoje ele passa pela rua e nem fala com ela, e por isso ela não o aceitou em sala de aula como estagiário"   Ressaltou a Diretora.

Pois é, é um absurdo essa situação,  e para um profissional de Educação, que se diz ser, e assim como qualquer profissional, não devem levar para dentro de seu trabalho, problemas pessoais, que nesse caso de acordo com a vítima que prefere não se identificar, afirma que nem problemas pessoais com essa professora ele tem, ele não nega que a conhece, veja o que ele disse:

" Bom, ainda estou confuso, sem entender essa falta de educação por parte dessa docente, que  já foi me tratando mal, ela de início diante da minha presença quando repudiou minha entrada na sala dela, ela disse que era porque não estava preparada, não havia preparado algo dentro da sala, e não queria que nenhum estagiário, só que essa 'falsa justificativa' foi em tom de ignorância, até aí tudo bem, aceitamos a decisão dela, mas o que surpreendeu foi quando ela aceitou á outra  acadêmica ao invés da minha pessoa, e disse tanto para acadêmica quanto para a Diretora, que eu não falava com ela na rua, que eu fui aluno dela no Pro Jovem ( e isso já tem tanto tempo, no tempo do prefeito Lenoilson) e que por causa disso, eu não merecia estagiar na aula dela, e digo pra vocês, toda essa situação me deu foi pena,  e espero que ela mude, mas agora estou aliviado em poder desabafa isso" relatou a vítima.

Fonte: Blogdodelabarrera 

0 comentários:

Postar um comentário

Rede Sociais

Receber Noticias

Facebook

Horóscopo

Brasileirão (A)

Carregando...
Brasileirão

NOVELTY telecom

NOVELTY telecom
LIMA CAMPOS

DIST. BRASIL GÁS

DIST. BRASIL GÁS
ÁGUA É VIDA